2# Creepypasta: No limite da sobrevivência

Desenterrado por

Em Berlim, após a Segunda Guerra Mundial, havia pouco dinheiro, os suprimentos estavam acabando, e parecia que todos estavam com fome. Nesse período, as pessoas contavam uma história de uma jovem moça que decidiu ajudar um cego andando dentre uma multidão.

Conta a lenda que os dois começaram a conversar e o homem perguntou se ela poderia fazer um favor para ele: “Pode entregar essa carta para o endereço que está escrito no envelope?” Bom, o lugar era caminho para sua casa, então ela concordou. Ela começou seu caminho para entregar a mensagem, quando notou no endereço, um número que não conseguia distinguir se era um “4” ou um “9”. Virou-se novamente em direção ao cego e percebeu  que o mesmo corria entre as pessoas sem seus óculos escuros e bengala, como se estivesse fugindo.

Ela, naturalmente, achou suspeito, e ao invés de ir a casa foi para a Polícia. A polícia, que já suspeitava que algo errado estava acontecendo na região pelas ocorrências registradas, foi visitar o endereço para verificar se havia ou não ligação com suas suspeitas. Chegando no local, eles fizeram uma descoberta repugnante, três açougueiros estavam cortando carne humana e vendendo para as pessoas famintas por um preço camarada!

Sabe o que estava na carta que o homem deu à moça? Uma nota, dizendo apenas: “Esse é o último que eu mando para vocês hoje.”