Jogando uno

Desenterrado por

Em um dia comum, eu estava em casa com a minha sobrinha de 10 anos.

Era por volta das 00:00. Estávamos sozinhas em casa, ela me chamou para jogar uno, aceitei. Fomos para a varanda, estamos jogando quando do nada acaba a força. Não tivemos coragem de levantar, e então começamos a escutar barulhos, achamos que era no vizinho ou sei lá, e então, começamos a ver vultos, a gente abriu o olho e viu uma mulher parada em frente do portão. Ela começou a ir em nossa direção, falando ofegante “eu estou chegando”, quando do nada minha sobrinha grita e a força volta. Minha sobrinha tinha desaparecido, eu fui para dentro e fiquei esperando pra ver se ela aparecia, quando acabei dormindo, e fui acordada com a voz da minha sobrinha “tia me ajuda” sai para procurar. Quando fui para seu quarto ela estava jogada no chão com a sua boca costurada, e na parede estava escrito com o seu sangue “Você é a próxima”.