O Ritual do Elevador

Desenterrado por

Meu nome é Jackson, não tenho medo de nada, já fiz rituais
do Ouija em uma floresta, porque na cidade não aconteceu nada porque não tem espíritos
no meu prédio, não fiquei assustado em nenhum momento dos rituais do Ouija.
moro em Curitiba, em um prédio de 8 andares no Bairro Batel, o meu prédio fica
em uma avenida movimentada, bem iluminada e cheia de prédios altos.

Combinei com o meu primo (Willian) e os dois amigos dele (Bernardo
e José) para eles irem lá no meu prédio para fazer o ritual do elevador às 3:00
da noite, que é a hora do mal. Eles falaram que iam amanhã e chegariam às 14:00
da tarde.

14:00 da tarde chegou o meu primo e os amigos dele. Jogamos
futebol, Counter Strike, vimos TV e vídeos engraçados até chegar às 2:00 da
noite. Logo às 2:00 da noite vimos as regras do ritual e combinamos quem ficaria
em casa se comunicando pelo Facetime e quem ficava no primeiro andar me
esperando acabar o ritual. O José ficava no apartamento para se comunicar
comigo pelo Facetime. O meu primo e o Bernardo iam me esperar no 1º andar.

Às 2:56 saímos do prédio, tinha bastante gente na rua,
porque essa avenida é movimentada e fomos até o prédio que havia 14 andares que
não havia câmera no elevador. Pulamos o muro e passamos pelo guarda do prédio,
logo após pular o muro, tivemos de abrir a porta do prédio bem devagar para o
porteiro não nos ver. Abrimos a porta e rastejamos para o porteiro não nos ver,
mas o porteiro estava mexendo no computador.

Eram 3:04 quando chegamos no elevador, o elevador estava no 3º
andar, apertamos o botão de chamar o elevador para o elevador descer até o 1º
andar. As portas do elevador se abriram e eu entrei no elevador e disse para
eles me esperarem até as 5:00 da manhã. um pouco antes da porta se fechar eu
falei:

-Me desejem sorte

-Boa sorte, Jack

Eu apertei o botão do 4º andar. O elevador subiu até o 4º andar,
as portas se abriram e nesse andar, estava tudo normal, havia um corredor com
quartos, e uma pessoa passou andando pela frente do elevador, sorte que ele não
queria usar o elevador porque se ele entrasse no elevador, o ritual não daria
certo, de acordo com o site do ritual. Eu falei para o José que estava me vendo
pelo Facetime que eu cheguei no 4º andar.

Quando as portas se fecharam no segundo andar eu disse:

-*******! (Tenho que tapar meus palavrões).

Apertei o botão do 2º andar. O elevador desceu e chegou no 2º
andar e as portas se abriram e nesse andar havia o salão de festas e havia uma
festa com bastantes pessoas. As portas se fecharam e eu apertei o botão do 6º andar,
o andar estava normal. Apertei o botão do 2º andar, na descida, o elevador
tremeu muito e parou de forma brusca e eu ouvi vozes estranhas durante a
descida e falei para o José das vozes, e o José falou que não tinha nada no
site sobre as vozes estranhas.

As portas se abriram no 2º andar e eu fiquei tonto, tão
tonto que tive que me apoiar na parede do elevador, não perguntei da tontura porque
achei que fosse normal. A festa do 2º andar ainda estava normal. Apertei o
botão do 10º andar e subi até o 10º andar, as portas se abriram e eu senti um
calafrio e falei:

-*******, senti um calafrio, José.

-É assim mesmo, quando chega no décimo andar você sente um
calafrio.

Apertei o botão do 5º andar e desci até o quinto andar.
Quando as portas se abriram, entrou uma fumaça negra no elevador.

-José, entrou uma fumaça negra no elevador.

-Que estranho, não diz nada sobre isso.

-Vou continuar aqui o ritual.

Esperei uns 10 segundos, respirei fundo e apertei o botão do
primeiro andar e disse:

-Finalmente vou saber se esse ritual é verdade ou não.

O elevador começou a subir até o 10º andar. Perdi o contato
facetime e o wifi quando cheguei no 10º andar. As portas se abriram e o corredor
estava escuro e o ar estava com cheiro de queimado. Liguei a lanterna do meu
celular e saí do elevador e desci de escada até o 1º andar. Os meus amigos não
estavam me esperando no 1º andar e o andar estava escuro, e o porteiro também não
estava lá. Saí do prédio e es ruas estavam escuras e vazias, e então eu falei:

-O Ritual do Elevador é verdade

Eu fiquei muito feliz. Eu também ví uma cruz vermelha num prédio
próximo. Eu gritei na esperança de achar mais alguém que fez o ritual do
elevador:

-Tem alguém aí?

Ninguém respondeu.

 Andei pelas ruas escuras
e vazias usando o celular como lanterna. Eu ví um homem deitado no chão
sangrando e perguntei:

-O senhor está bem?

-AAAARRRGGG, eu fiz o ritual do elev…

O homem morreu.

Logo após muito tempo, eu resolvi voltar, consegui achar o
prédio porque sei me localizar muito bem. Antes de entrar no prédio, eu vi um
homem andando pelas ruas e eu falei:

-Você está perdido?

-Sim, eu fiz o ritual do elevador e eu vim parar nesse
mundo, esqueci meu celular na outra dimensão.

Eu falei que eu ia voltar e que ele precisava achar o mesmo
elevador para voltar.

Eu entrei no elevador e apertei o botão do 4º andar. As
portas se abriram e o corredor estava escuro. Fui para o 2º, 6º, 2º,10º e 5º. Esperei
uns 10 segundos, Respirei fundo e Pressionei o botão do 1º andar. O elevador
subiu novamente ao 10º andar e eu apertei o 8º andar para cancelar a subia para
o 10º andar e o elevador caiu, eu pensei que ia morrer. O elevador atingiu o 1º
andar, eu caí no chão, o elevador estava destruído por causa da queda e as
portas se abriram e meu primo e o amigo dele estavam me esperando e meu primo
falou:

-Nossa, que demora, ficamos preocupados quando o elevador ficou
parado um tempão no 10º andar.

-O Ritual Do Elevador deu certo. Eu fui para uma dimensão escura
e sem pessoas e até vi um homem que fez o ritual também e estava perdido. E
vocês não estavam me esperando no primeiro andar

-Nós não saímos daqui em nenhum momento.

Voltei para casa e contei minha história para o José.

Eu fiz o ritual de novo às 3:00 da noite no dia seguinte mas
nada aconteceu. Eu ainda fiz mais 4 vezes o ritual e nada aconteceu.